Arquivo mensal: janeiro 2013

Melhores de 2012

Segundo dados do MUBI, vi em 2012 94 filmes, no que provavelmente deve ter sido meu melhor “ano cinéfilo”, o que é natural uma vez que passei ao menos 6 meses em casa, desempregado.

Além de ter ido mais ao cinema, preenchi algumas lacunas cinematográficas que me incomodavam, entre as quais destaco: uma meia dúzia de Woody Allen (Crimes e Pecados e Annie Hall, meus favoritos), um Tarantino pendente (Cães de Aluguel, maravilhoso), um Wes Anderson das antiga (Três é Demais), um Hitchcock (Um Corpo que Cai), um Truffaut (Os Incompreendidos), vi enfim Laranja Mecânica e iniciei a Saga Star Wars vendo os dois primeiros filmes pela ordem de lançamento (gostei bastante, mas não vou comprar bonecos).

Holy Motors

Das estréias de 2011/2012, eis meus 10 favoritos:

– Drive
– Moonrise Kingdom
– Holy Motors
– As vantagens de ser invisível
– Looper
– Procura-se um amigo para o fim do mundo
– Os Intocáveis
– Os Vingadores
– Jovens Adultos
– Shame

Anúncios
Etiquetado , ,