Arquivo mensal: outubro 2006

Quick Change


Que beleza, esse Não tenho troco. Bill Murray endemoníado na pele do americano padrão que resolve assaltar um banco vestido de palhaço, na companhia da namorada Phyllis (Geena Davis) e do amigo Loomis (Randy Quaid, inacreditável), falsos reféns. Daí pra frente, a somatória de situações enfrentada pelo trio na fuga é absurda.

Destaque também pra atuação brilhante de Jason Robards, o chefe Rotzinger. E, lógico, pra direção de Bill Muray.

Grande Bill Muray.

Anúncios

blogueiro

Vício desgraçado.

Segue o baile.